Home / Futebol / STJD adia julgamento do processo envolvendo CSA, CRB e Federação

STJD adia julgamento do processo envolvendo CSA, CRB e Federação

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) adiou para segunda-feira, dia 13, o julgamento do processo que envolve CSA, CRB e a Federação Alagoana de Futebol (FAF). Em contato com o GloboEsporte.com, o presidente do STJD, Ronaldo Botelho Piacente, informou que a mudança na data do julgamento ocorreu devido ao anúncio de greve dos policiais no Rio de Janeiro.

O processo será julgado em sessão da Quinta Comissão Disciplinar, e os denunciados vão responder aos artigos 223 e 191 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), além de correr o risco de pagar multa de até R$ 100 mil por infração. O início da sessão está marcado para às 11h.

Sobre o caso

CSA e CRB foram punidos pela confusão generalizada entre as torcidas na final do Campeonato Alagoano 2016. Azulão e Galo foram penalizados pelo TJD/AL com multa de R$ 5 mil, cada, e perda de cinco e quatro mandos de campo, respectivamente. A FAF ficou responsável por informar aos times sobre o cumprimento das penas.

Ambos, CSA e CRB, recorreram e o processo foi analisado na última instância no Pleno do STJD do Futebol. Em setembro os auditores do Tribunal julgaram o recurso, mas decidiram manter as penalidades.

Mesmo com a decisão, os clubes acionaram a justiça comum e jogaram como mandantes as primeiras partidas do campeonato – CSA x Murici, CRB x Miguelense e CRB x Santa Rita, esta última foi, inclusive, realizada no Rei Pelé. Para a Procuradoria, tanto o Azulão quanto o Galo ignoraram a decisão da Justiça Desportiva e descumpriram a condenação de atuarem com os portões fechados como mandantes, e a FAF foi punida por participar, favorecendo a realização dos jogos – fato que resultou no pedido de suspensão do Campeonato Alagoano.

 

Por GloboEsporte.com 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.